ENCONTRO NACIONAL TRABALHO EM PORTUGAL “NINGUÉM FICA PARA TRÁS” 11 e 12 de Maio 2019 Setúbal! @Stcc, tás logado? já está logado! E tu?


NINGUÉM FICA PARA TRÁS | ENCONTRO SINDICAL

<<<(…)Sob o lema “Ninguém fica para”; este encontro pretende juntar, à porta fechada – garantindo assim a liberdade a todos os presentes – trabalhadores do país que pensem juntos formas de luta que consigam trazer de volta o mínimo de dignidade ao mundo do trabalho(…)>>>

É já este fim-de-semana!

INSCREVE-TE! PARTICIPA! DIVULGA!

ENCONTRO NACIONAL TRABALHO EM PORTUGAL “NINGUÉM FICA PARA TRÁS” 11 e 12 de Maio 2019 Setúbal

 

11 e 12 de Maio de 2019 – Setúbal

A greve dos estivadores à jorna de Setúbal, que terminou com uma vitória importante do SEAL, inspirou muitos sectores em Portugal. Ficou demonstrado que nas mais duras condições é possível lutar e vencer e que as vitórias não são ganhas à custa de reformas antecipadas e indemnizações, baixos salários ou assistência social. Foi uma vitória do direito ao trabalho com direitos e com um salário bruto de 1400 euros, o mínimo para se viver em, Portugal com dignidade.  Ficou demonstrado que é possível unidade e solidariedade reais com fundos públicos e auxilio entre os mais velhos e os mais novos. Que é possível não ceder à chantagem da deslocalização e que mesmo a maior
empresa AutoEuropa está fragilizada numa economia just in time em que basta uma parte da cadeia produtiva parar para todo um sector ficar bloqueado. Ficou provado que o espírito combativo resulta, mantendo independência da Geringonça, da direita e combate frontal ao Governo quando este, na sua falsa neutralidade, ficou ao lado dos patrões; ficou claro que a democracia interna do sindicato SEAL, onde tudo foi realizado com plenários onde todos puderam com calma escutar, pensar e  votar, é o caminho; e ficou ainda visível que a posição anticorporativo do SEAL deu frutos, que procurou fazer ponte com outros trabalhadores, da Auto-Europa, dos portos, da navegação, sector
eléctrico, professores ente outros. A solidariedade tem que ser no mesmo sector, entre sectores nacionais e internacional. Sob o lema “Ninguém fica para”; este encontro pretende juntar, à porta fechada – garantindo assim a liberdade a todos os presentes – trabalhadores do país que pensem juntos formas de luta que consigam trazer de volta o mínimo de dignidade ao mundo do trabalho: salários que permitam viver sem a corda na garganta, horários de trabalho compatíveis com a vida familiar e pessoal, fim das perseguições e métodos de gestão e  avaliação que colocam semanticamente os trabalhadores num estado de guerra entre eles e mesmo tristeza e medo.

Dia 11 de Maio de 2019 – Sábado

10H – 13H – Mesa 1 Construir Sindicatos hoje, que desafios?
Qual a melhor gestão e organização sindical: democracia, fundos de greve, independência e
relação com os Governos.
Intervenções iniciais de 5 minutos cada -, Moderação de João Reis(STASA) –
1 SEAL, 1 STASA, 1 S.TO.P, 1 STCC, 1 SIEAP, 1 STML

Debate Público

13:00H – 15:00H Almoço (no local) com espectáculo de improviso UÃNUÊI com os actores Pedro Cardoso e Graziella Moretto.
Espetáculo de improviso long-form, sucesso no Brasil e em Portugal, ganhou formato televisivo em 2014 pela Rede
Globo, ficando em primeiro lugar no site Globo Play no período de sua exibição.
Gostamos de fazer analogia com uma partida de futebol: a graça do jogo é não saber quando a jogada vai dar certo e
resultar no gol, que é sempre um acontecimento raro; a graça reside em se jogar o jogo. O teatro originou-se no
contexto das festas e celebrações populares. E é na festa do encontro entre pessoas que ele pode nos ajudar a
encontrar a liberdade. Uma sugestão da plateia é tudo o que precisamos, para juntos jogarmos o jogo simbólico do
teatro . Duas improvisações de 15 minutos cada, seguidas de uma conversa com a plateia.

15:00H – 17:00H – Mesa 2 Solidariedade, como a construir?
Solidariedade entre fixos e precários, entre sectores do mesmo ramo, solidariedade
internacional.
Intervenções iniciais de 5 minutos cada – Moderação de Manuel Afonso (STCC) –
1 SEAL, 1 STASA, 1 CT Groundforce/SPdH, 1 STCC

Debate Público

17:30H -19:30H
Valérie Ganem – Resistência às formas patogénicas de Organização do Trabalho.
Raquel Varela – Organização sindical no século XXI, o que aprendemos com o século XIX.

Nara Cladera – O Movimento dos Coletes Amarelos em França.
20:00H Jantar (no local)

Dia 12 de Maio de 2019 – Domingo

10:00H – 12:00H – Mesa 3 Condições precárias, o que fazer?
Condições precárias: contratos precários, medo, assédio moral, processos disciplinares e
avaliação individual de desempenho: o que fazer?
Intervenções iniciais de 5 minutos cada, Moderação da MPO –
1 CT Groundforce/SPdH, 1 Missão Pública Organizada (MPO), 1 LOGOPLAST, 1 OGMA, 1 MUDAR
(Bancários)

Mesa final Encerramento/Debate

12:00H às 13:30H
António Mariano, SEAL – Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística
Luís Tempera, SIEAP – Sindicato das Industrias, Energia e Águas de Portugal
João Reis, STASA – Sindicato dos Trabalhadores do Sector Automóvel
Manuel Afonso, STCC – Sindicato dos trabalhadores de Call-Center
NOTAS:
• Um relator por mesa coligirá todas as propostas.
• Intercalando os trabalhos serão feitas apresentações dos representantes do movimento sindical
internacional presentes no Encontro:
– Rede Sindical Internacional de Solidariedade e Lutas/Solidaires – Nara Cladera, Thienta Mahamane
– CGT/ Conferencia Internacional del Auto (Espanha) / Secretariado FESIM-CGT – Diego Jesus / Herminio
– LabourNet Germany ( Rede Alternatva Sindical) – Helmut
– CSP- Conlutas – Paulo Bareta / Erico Correa
– Cobas

 

Inscrições abertas a dirigentes sindicais e de CTs, académicos do trabalho e
trabalhadores: 

Contacto para inscrições
Lídia Oliveira
inscricoesencontro2019@gmail.com

 

@Tás Logado?                                                                                                                       Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

download

 

Empregos para o Clima

@Stcc,tás logado?
https://www.facebook.com/TasLogadoLx/

A CASA, DE TRABALHADORES PARA TRABALHADORES
JUNTA-TE A NÓS!

Juntos Na Luta

https://www.facebook.com/acasa2016/
http://www.acasaonline.pt/
casasindical2016@gmail.com

PARTILHA! DIVULGA! SINDICALIZA-TE!

stcc-logo

Podes continuar a Assinar a nossa Petição de Profissão de Desgaste Rápido
Já pensaste em Ser o/a Delegado/a Sindical Logado/a?
CLICKAQUI e Faz a Diferença Hoje!
https://goo.gl/IAJdiA

Boletim taslogado Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

A Brincadeira acabou, o tás logado já chegou!

STCC
STCC, o nosso compromisso é regular todo o sector!
UMA SÓ VOZ
UM SÓ CAMINHO
O DA MELHORIA das nossas condições laborais.
A União dos Trabalhadores
extermina os Prevaricadores
UNIDOS SOMOS MUITO MAIS FORTES.

Anúncios

@estudos logados? take 9! Gestão do stress em operadores de call-centers. Participa já!


Gestão do stress em operadores de call-centers

stress_ball

O presente estudo insere-se num projeto de uma unidade curricular do 4º ano do Mestrado Integrado em Psicologia da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP).Este questionário destina-se APENAS a operadores portugueses de call-centers.

Tem como objetivo compreender o modo como os operadores de call-centers gerem o stress do seu trabalho.

O preenchimento deste questionário é anónimo. Os dados recolhidos serão utilizados unicamente para fins de investigação científica. A sua participação é voluntária, podendo desistir a qualquer momento do estudo sem que isso lhe cause qualquer tipo de prejuízo. Os dados serão armazenados numa base de dados dos investigadores do projeto, cujos contactos se apresentam no final do questionário.

O questionário tem a duração média de 5 minutos.

Muito obrigado pela sua colaboração!

 

Call Center LoadingParticipa já! Questionário disponível até final dia 30 de Abril de 2019 inclusive

Link: https://forms.gle/Md9RNERjsciktkLh8

 

 

@Tás Logado?                                                                                                                       Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

download

 

Empregos para o Clima

@Stcc,tás logado?
https://www.facebook.com/TasLogadoLx/

A CASA, DE TRABALHADORES PARA TRABALHADORES
JUNTA-TE A NÓS!

Juntos Na Luta

https://www.facebook.com/acasa2016/
http://www.acasaonline.pt/
casasindical2016@gmail.com

PARTILHA! DIVULGA! SINDICALIZA-TE!

stcc-logo

Podes continuar a Assinar a nossa Petição de Profissão de Desgaste Rápido
Já pensaste em Ser o/a Delegado/a Sindical Logado/a?
CLICKAQUI e Faz a Diferença Hoje!
https://goo.gl/IAJdiA

Boletim taslogado Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

A Brincadeira acabou, o tás logado já chegou!

STCC
STCC, o nosso compromisso é regular todo o sector!
UMA SÓ VOZ
UM SÓ CAMINHO
O DA MELHORIA das nossas condições laborais.
A União dos Trabalhadores
extermina os Prevaricadores
UNIDOS SOMOS MUITO MAIS FORTES.

CURSO HISTÓRIA DAS GREVES NA EUROPA DO SÉCULO XX


A CASA ONLINE

Kemerevo region. Prokopyevsk. Miners on strike. Photo TASS / Anatoly Kuzyarin (Photo by TASS via Getty Images)

Raquel Varela, Historiadora, Professora Universitária

Dias 7 e 8 de Janeiro de 2019
18:00-20:00
Lisboa-Rua do Alecrim, nº 25
Inscrição 20 euros
Inscrição até 15 de Dezembro – número limite de inscrições 40
Organização A Casa
O Valor deste curso reverte integralmente para o auxilio aos estivadores em greve de Setúbal.
Deposite na conta  e envie por favor o comprovativo com o nome de inscrição para Lídia Oliveira

IBAN: PT50 0007 0000 0043 3813 780 23
SWIFT: BESCPTPL

Mais informações:

@Stcc,tás logado?
https://www.facebook.com/TasLogadoLx/

A Casa

Print

A CASA, DE TRABALHADORES PARA TRABALHADORES
JUNTA-TE A NÓS!

juntos_na_luta2

https://www.facebook.com/acasa2016/
http://www.acasaonline.pt/
casasindical2016@gmail.com

PARTILHA! DIVULGA! SINDICALIZA-TE!

stcc-logo

Podes continuar a Assinar a nossa Petição de Profissão de Desgaste Rápido
Já pensaste em Ser o/a Delegado/a Sindical Logado/a?
CLICKAQUI e Faz a Diferença Hoje!
https://goo.gl/IAJdiA

taslogado fundo cinza

Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

A Brincadeira acabou, o tás logado já chegou!

STCC
STCC, o nosso compromisso é regular todo o sector!
UMA SÓ VOZ
UM SÓ CAMINHO
O DA MELHORIA das nossas condições laborais.
A União dos Trabalhadores
extermina os Prevaricadores
UNIDOS SOMOS MUITO MAIS FORTES.

 

Stcc,tá logado no IV – Encontros Internacionais Ecossocialistas


Alerta vermelho, alerta verde: dar forma à transformação ecossocialista
23-24-25 de novembro, Liceu Camões, Lisboa

Alerta vermelho alerta verde dar forma à transformação ecossocialista

Inscreve-te aqui: www.alterecosoc.org

https://www.facebook.com/alterecosoc/


21 NOV Reunião Geral e Ensaio de Tradução – Encontros Ecossocialistas

Quarta-feira às 19:00 – 23:00
Regueirão dos Anjos 49, 1150-028 Lisboa, Portugal

https://www.facebook.com/events/1099033213608878/

 

23 NOV Sessão de Abertura Encontros Internacionais Ecossocialistas

Sexta-feira às 21:30 – 23:30
Escola Secundária de Camões
Praça José Fontana, Lisboa

https://www.facebook.com/events/913627322163742/

@Stcc,tás logado?
https://www.facebook.com/TasLogadoLx/

 

A Casa

Print

A CASA, DE TRABALHADORES PARA TRABALHADORES
JUNTA-TE A NÓS!

juntos_na_luta2

https://www.facebook.com/acasa2016/
http://www.acasaonline.pt/
casasindical2016@gmail.com

PARTILHA! DIVULGA! SINDICALIZA-TE!

stcc-logo

Podes continuar a Assinar a nossa Petição de Profissão de Desgaste Rápido
Já pensaste em Ser o/a Delegado/a Sindical Logado/a?
CLICKAQUI e Faz a Diferença Hoje!
https://goo.gl/IAJdiA

taslogado fundo cinza

Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

A Brincadeira acabou, o tás logado já chegou!

STCC
STCC, o nosso compromisso é regular todo o sector!
UMA SÓ VOZ
UM SÓ CAMINHO
O DA MELHORIA das nossas condições laborais.
A União dos Trabalhadores
extermina os Prevaricadores
UNIDOS SOMOS MUITO MAIS FORTES.

@Stcc,tás logado na BASE-FUT Debate o Sindicalismo no Século XXI 17 de Novembro 2018 em Coimbra


4_44º aniversário da base-fut debater o sindicalismo para pensar o futuroNesta foto: Danilo Moreira, Antonina Rodrigues , Hermes Costa
Conclusões do Evento: futurohttp://basefut.pt/institucional/44o-aniversario-da-base-fut-debater-o-sindicalismo-para-pensar-o-futuro/

Ces Centro de estudos Sociais e O_sindicalismo_BASE-FUT debate o Sindicalismo no Século XXI

No próximo dia 17 de Novembro, a BASE-FUT vai comemorar o seu 44º aniversário com um encontro sobre o tema “O Sindicalismo no Século XXI: Novos desafios e respostas sindicais”, na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Este encontro nasce de uma parceria entre o BASE-FUT e o Grupo de Estudos Relações de Trabalho e Sociedade do Centro de Estudos Sociais (RETS/CES) e tem o objetivo de debater o sindicalismo que temos hoje em Portugal e o sindicalismo que precisamos face aos desafios atuais. Procura reunir militantes sindicais e de organizações de trabalhadores com investigadores que estudam o movimento sindical, de modo a criar pontes entre a militância no terreno e a ciência.

A iniciativa está organizada em dois debates sobre temas que abordam os novos desafios colocados aos sindicatos. O primeiro debate “Transformações nas relações laborais e os desafios na organização dos trabalhadores de hoje” contará com a animação do Danilo Moreira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Call-Center (STCC) e do Professor Hermes Costa da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e do Centro de Estudos Sociais. O segundo tempo deste encontro abordará as “Novas estratégias para a comunicação”, a partir de intervenções de Cesário Borga, Presidente da Assembleia Geral do Sindicato dos Jornalistas (SJ) e de Bia Carneiro, investigadora do RETS/CES.

Contamos com a presença de militantes sindicais, membros de organizações de trabalhadores e investigadores para fazer deste encontro um momento de reflexão coletiva para construir o sindicalismo de amanhã.

Encontro – O Sindicalismo no Século XXI: Novos desafios e respostas sindicais

Org: BASE-FUT, Grupo de Estudos Relações de Trabalho e Sociedade (RETS/CES)

Data: 17 Novembro 2018 (Sábado)

Horário: 14h00 às 18h00

Local: Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra – Sala Keynes.

Avenida Dias da Silva 165, 3004-512 Coimbra

14:00-14:15

Apresentação do encontro e dos organizadores

João Paulo Branco (BASE-FUT), Bia Carneiro (RETS/CES) e Pierre Marie (BASE-FUT).

14:30-16:00

Transformações nas relações laborais e os desafios na organização dos trabalhadores de hoje

Hermes Costa (FEUC, CES) e Danilo Moreira (Sindicato dos Trabalhadores de Call Center).

Moderação: Antonina Rodrigues (BASE-FUT).

16:15-17:45

Novas estratégias para a comunicação

Bia Carneiro (RETS/CES) e Cesário Borga (Sindicato dos Jornalistas).

Moderação: Jorge Santana (BASE-FUT).

17:45

Encerramento do encontro

Pedro Estêvão (BASE-FUT).

CES_center_pt

https://ces.uc.pt/pt/agenda-noticias/agenda-de-eventos/2018/o-sindicalismo-portugues-no-seculo-xxi/apresentacao

 

Base-Fut-logo

http://basefut.pt/institucional/base-fut-debate-o-sindicalismo-no-seculo-xxi/

@Stcc,tás logado?
https://www.facebook.com/TasLogadoLx/

 

A Casa

Print

A CASA, DE TRABALHADORES PARA TRABALHADORES
JUNTA-TE A NÓS!

juntos_na_luta2

https://www.facebook.com/acasa2016/
http://www.acasaonline.pt/
casasindical2016@gmail.com

PARTILHA! DIVULGA! SINDICALIZA-TE!

stcc-logo

Podes continuar a Assinar a nossa Petição de Profissão de Desgaste Rápido
Já pensaste em Ser o/a Delegado/a Sindical Logado/a?
CLICKAQUI e Faz a Diferença Hoje!
https://goo.gl/IAJdiA

taslogado fundo cinza

Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

A Brincadeira acabou, o tás logado já chegou!

STCC
STCC, o nosso compromisso é regular todo o sector!
UMA SÓ VOZ
UM SÓ CAMINHO
O DA MELHORIA das nossas condições laborais.
A União dos Trabalhadores
extermina os Prevaricadores
UNIDOS SOMOS MUITO MAIS FORTES.

Faz hoje 3 anos… E quando a entidade patronal nos tenta assediar no trabalho e recebe o troco em dobro!!! Factos Logados!?!


Após vários alertas do @Stcc,tás logado? a empresa perante as diversas ilegalidades que estavam a ser cometidas no Call Center PT/Meo/Altice da Passos Manuel esta, além de não regularizar as prevaricações existentes e ao ser confrontada com a nossa chamada de atenção para o cumprimento da lei, não teve qualquer escuta activa, nem fazia tensões de resolver o assunto como é devido, e ainda demonstrou prepotência, ousadia e o teve o descaramento de entrar numa onda de Assédio Moral junto dos seus trabalhadores/trabalhadoras.

A PT/Meo/Altice “chuta para canto” a responsabilidade para as suas diversas empresas de trabalho temporário/outsourcing como se em nada fosse responsável quando é a única responsável pelos contratos celebrados com estas empresas de falso trabalho temporário/outsourcing dando azo ao trabalho precário e à rotatividade laboral existente e, por conseguinte quem paga a factura da precariedade, a factura final são também os consumidores.

Após várias sessões de esclarecimentos por parte do @Stcc,tás logado? aos cerca de 50 trabalhadores e trabalhadoras através das mais variadas formas, algumas delas pouco convencionais mas atendendo à urgência do caso justificadas…

Estávamos na manhã de 3 de Agosto de 2015 e ainda eram muitos os trabalhadores e trabalhadoras que receavam dar a cara no sentido de reivindicar os seus direitos por temerem represálias por parte da entidade patronal e simultaneamente correrem o risco de nunca mais serem contratados quer pela PT/Meo/Altice quer pelas suas inúmeras de falso trabalho temporário/outsourcing e também por vergonha de dar a cara e por conseguinte que muitos amigos e familiares ficassem a saber que a pessoa trabalha em Call Center que apesar de ser um tipo de trabalho bastante precário trata-se de um trabalho tão digno como outro qualquer, tão ou mais desgastante do que a maioria e no nosso entender sem justificação para tal vergonha, bem pelo contrário!

Factos logados: 

A empresa queria ficar em média com 500€ por cada trabalhador/trabalhadora e fazendo as contas estamos a falar de cerca de pelo menos 25 mil euros, valores esses que não estavam somente a ser roubados aos trabalhadores e trabalhadoras mas também ao estado através dos impostos e segurança social pagos tanto pelos\as trabalhadores\as como pela entidade patronal. Valores esses que nos eram devidos e que os consumidores tanto pagam para serem bem servidos.

Acrescidos de mais alguns milhares de euros devido a algumas rescisões\indemnizações justificadas pelo descontentamento e a total perda de confiança na entidade patronal demonstrada por alguns trabalhadores\trabalhadoras e mais subsídios de desemprego gerados de forma desnecessária quando ao mesmo tempo houve necessidade de serem efectuadas mais contratações.

  • O resultado deu nisto…           

                               

Logamos a entidade patronal na lei e esta teve de pagar sem poder escapar às suas responsabilidades.

  • Actualmente o que mudou nos Call Centers da PT/Meo/Altice…
    Aumentou o rácio de trabalhadores com vínculo precário contratados através das empresas de trabalho temporário/outsourcing dado que o nº de efectivos com contratação directa na PT/Meo/Altice diminuiu de forma substancial quer através de transmissões de unidade económica, quer por questões de assédio, supostas rescisões amigáveis, reformas etc…
  • Quanto aos novos postos de trabalho criados pela empresa são todos ou na sua grande maioria através de empresas externas (trabalho temporário/outsourcing) e os trabalhadores em geral sofrem a política do Medo implementada pela empresa pois continuam com bastante receio em participar em greves, plenários e de reivindicarem os seus direitos por temerem retaliações a ponto de serem despedidos a todo o momento, perdas remuneratórias que por si só já são bastante escassas, sem progressão salarial e sem contratação directa tendo em conta que na sua maioria estão com contratos quinzenais, mensais renováveis ou não!

 

  • Integrações de trabalhadores com vínculo precário para os quadros da PT/Meo/Altice é inexistente e/ou a existir é tão diminuto a ponto de se contarem pelos dedos que nos locais de trabalho que não se nota nada, não se vê nada, não se sabe de nada e também não encontramos dados referentes a esta assunto em lado algum nem tampouco fomos informados de tal inserção.

 

  • Em Novembro de 2015 supostamente 
    CEO PT. “Não garantimos que não haja fim de contratos de outsourcing”

    A dona do Meo tem 11 mil quadros e cerca de 16 mil trabalhadores a prestar serviço para a PT Portugal em regime de outsourcing

    https://www.dinheirovivo.pt/empresas/ceo-pt-nao-garantimos-que-nao-haja-fim-de-contratos-de-outsourcing/

  • Actualmente sabemos que existem milhares de trabalhadores e trabalhadoras de norte a sul do país e ilhas inclusive que diariamente e muitos deles há mais de uma década que desempenham as suas funções de apoio ao cliente e campanhas de telemarketing em condições extremamente precárias e que a empresa não está na disposição de os integrar nos quadros através de um contrato directo e efectivo optando sim pelo recurso brutal às empresas de trabalho temporário/outsourcing

Em Julho de 2017…
Diminuição de pessoas na PT é para “continuar”

https://www.publico.pt/2017/07/12/economia/noticia/diminuicao-de-pessoas-na-pt-e-para-continuar-1778814

  • Moral da História:
    1-Trabalhadores e cliente desiludidos e insatisfeitos

    2-Governos que pactuam com a precariedade através da ausência de regulamentação, fiscalização e ausência de coragem efectiva para legislar e controlar de forma eficaz no verdadeiro combate à precariedade ao mesmo tempo de dão incentivos à contratação precária, falsos contratos estágio/formação e atendendo ao facto de uma grande parte dos lucros senão a totalidade dos lucros gerados por estas empresas multinacionais muitas vezes com sede no estrangeiro fogem aos impostos nacionais.

    3-Accionistas e Parceiros coniventes directa ou indirectamente

    4-A PT/Meo/Altice fomenta políticas de assédio e precariedade junto dos seus trabalhadores\trabalhadoras, de outra forma já teria tomado outras medidas em prol não somente dos trabalhadores\trabalhadoras como dos seus consumidores que devido à rotatividade dos seus recursos humanos por não existirem condições dignas de trabalho acabam por vezes de sofrer na pele erros, falhas de forma regular e que poderiam muito bem ser evitadas.

@Stcc,táslogado?                                                                E como existem várias formas de reivindicar no meio de luta um pouco de humor 

Quem é a figura pública do momento da PT cobiçada pelos Media? Danilo Moreira, O Dirigente Sindical do Sindicato dos Trabalhadores de Call Center (Stcc.pt mais conhecido por Tás Logado) e Trabalhador da PT há mais de 8 anos com experiência comprovada como Técnico de Qualidade e Formação durante 5 anos (certificado pelo IEFP antigo CAP, atual CCP), que optou por livre e espontânea vontade a passar para Assistente; ou, Armando Pereira, o atual e desconhecido pela maioria dos 18 mil trabalhadores em regime precário da Alice/PT. E quem será? E quem será o Pai da Altice? E quem será? Vais falhar ou Tás Logado?

#Altice#Meo#PT
#trabalhotemporário#outsorcing#CallCenter#Sindicato#táslogado

A Casa

Print

A CASA, DE TRABALHADORES PARA TRABALHADORES
JUNTA-TE A NÓS!

juntos_na_luta2

https://www.facebook.com/acasa2016/
http://www.acasaonline.pt/
casasindical2016@gmail.com

PARTILHA! DIVULGA! SINDICALIZA-TE!

stcc-logo

Podes continuar a Assinar a nossa Petição de Profissão de Desgaste Rápido
Já pensaste em Ser o/a Delegado/a Sindical Logado/a?
CLICKAQUI e Faz a Diferença Hoje!
https://goo.gl/IAJdiA

taslogado fundo cinza

Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

A Brincadeira acabou, o tás logado já chegou!

STCC
STCC, o nosso compromisso é regular todo o sector!
UMA SÓ VOZ
UM SÓ CAMINHO
O DA MELHORIA das nossas condições laborais.
A União dos Trabalhadores
extermina os Prevaricadores
UNIDOS SOMOS MUITO MAIS FORTES.

A UE e a Economia dos Call Centers, um testemunho na 1ª Voz #Pensamento Vilela


 

 

JUNTA-TE A NÓS!

POR SALÁRIOS E CONDIÇÕES DE TRABALHO!

UNIDOS PODEMOS VENCER!

A Casa

Print

A CASA, DE TRABALHADORES PARA TRABALHADORES
JUNTA-TE A NÓS!

juntos_na_luta2

https://www.facebook.com/acasa2016/
http://www.acasaonline.pt/
casasindical2016@gmail.com

PARTILHA! DIVULGA! SINDICALIZA-TE!

stcc-logo

Podes continuar a Assinar a nossa Petição de Profissão de Desgaste Rápido
Já pensaste em Ser o/a Delegado/a Sindical Logado/a?
CLICKAQUI e Faz a Diferença Hoje!
https://goo.gl/IAJdiA

taslogado fundo cinza

Sindicato dos Trabalhadores de Call Center

A Brincadeira acabou, o tás logado já chegou!

STCC
STCC, o nosso compromisso é regular todo o sector!
UMA SÓ VOZ
UM SÓ CAMINHO
O DA MELHORIA das nossas condições laborais.
A União dos Trabalhadores
extermina os Prevaricadores
UNIDOS SOMOS MUITO MAIS FORTES.

%d bloggers like this: